Como funcionam as Facetas em Resina?

By CWB Sorriso,

 

A harmonia e sofisticação dos tratamentos estéticos de transformação do sorriso com facetas em resina são alternativas mais rápidas e mais baratas quando se comparadas às de porcelana, surpreendendo pela versatilidade e resultados. Mas será mesmo que valem a pena?

 

 O que são facetas em resina ?

Facetas em resina são laminados estéticos que recobrem toda a superfície visível (estética) de um ou mais dentes, não envolvendo as partes do dente que entram em contato com a língua ou dentes antagonistas durante a mastigação.

 

Quais são as indicações e contraindicações para as facetas em resina?

De maneira geral, as facetas em resina são indicadas para  pequenas correções de cor e forma, em um ou mais dentes. Um exemplo são as indicações para fechamentos de espaços entre incisivos centrais superiores (diastemas) com facetas em resina. Casos mais simples, como o mal posicionamento dos dentes na arcada – dentes que não estão alinhados – também podem ser solucionados com as facetas em resina, observadas as limitações de durabilidade do material.

 

A princípio, as facetas em resina podem substituir as facetas em porcelana para todas as situações. Entretanto,  o risco mais elevados para fratura, infiltração e perda rápida da cor e do brilho, comparadas às facetas em porcelana, fazem das facetas em resina um tratamento que exigem acurácia do dentista para indicações que não tragam frustrações e problemas.

 

  • Indicações:

✓ fechamento de espaços;

✓ dentes com mais de 50% da superfície recoberta por restaurações antigas e amareladas;

✓ urgências estéticas como entrevistas de empregos.

 

  • Contraindicações:

✓ bruxismo;

✓ dentes hígidos (sem restaurações);

✓ transformações marcantes na forma e cor do sorriso;

✓ dentes escurecidos por tratamento de canal;

 

As facetas em resina são resistentes ?

Bem indicadas, as facetas em resina entregam resistência suficiente para que você leve uma vida tranquila e sem restrições à alimentos mais fibrosos e consistente. Entretanto, quando hábitos não saudáveis (para-funcionais), como morder canetas ou lápis, estão presentes, o sucesso do tratamento é duvidoso, e o paciente pode precisar de visitas constantes ao dentistas para solucionar problemas de fraturas nas facetas em resina.

 

Preciso desgastar meus dentes nos tratamentos com facetas dentárias em resina?

Esta é uma questão bastante técnica e complexa para explicações mais breves. Entretanto, segue-se a uma regra básica para o tratamento com facetas em resina: quando são necessários desgastes sobre a superfície do esmalte dentário para corrigir forma ou problemas de coloração de um ou mais dentes, as facetas em resina, a princípio, estão contraindicadas.

A faceta em resina é um técnica melhor indicada quando aplicada diretamente sobre a superfície, sem necessidade de adaptações. Os únicos desgastes aceitos devem ocorrer apenas durante a remoção das restaurações antigas em resina.

 

O apinhamento dentário é o maior desafio aos tratamentos tanto com facetas em resina quanto porcelana. Somente pequenas situações de apinhamento dentário podem ser solucionadas com tratamentos com facetas.

 

Gostou, que tal ler sobre Odontologia Estética?

Mitos e verdades sobre Harmonização Facial

By CWB Sorriso,

 

O processo de harmonização facial tem se tornado muito comum e, com isso, diversos mitos começam a aparecer. Desde pessoas que afirmam que harmonização facial se trata de uma cirurgia e até quem diz que o processo é doloroso ou ineficaz no longo prazo, há uma série de inverdades e mitos. Vem saber mais para que você tenha total segurança na hora de escolher.

Os resultados da harmonização facial são rápidos?
VERDADE

A verdade é que os resultados provenientes da harmonização facial são muito rápidos. Assim, o resultado final pode ser imediato, dependendo do procedimento, já outros aparecem em cerca de 3 ou 4 dias. Além disso, vale lembrar que, por não envolver uma cirurgia, o nível de risco da harmonização facial é baixíssimo por ser um procedimento minimamente invasivo.

 

Vou perder a sensibilidade ou dor com a harmonização facial?
MITO

Esse é um grande mito. A verdade é que o procedimento de harmonização facial não causa nenhum tipo de reação em relação à sensibilidade. Isso porque as alterações acontecem apenas na parte superficial do rosto, não alterando em nada a sua sensibilidade facial. Logo, isso é um mito.

 

A harmonização facial pode durar por muito tempo?
VERDADE

O processo de harmonização facial é rápido e indolor. Assim, muitas pessoas imaginam que os resultados vão desaparecer em pouco tempo. Porém, o que acontece é que a harmonização facial pode durar de 9 a 18 meses antes que seja necessário realizar outro procedimento. Dessa maneira, tem-se que a harmonização se mostra finalizada em 3 ou 4 dias e chega a durar um longo tempo.

 

Harmonização facial substitui a cirurgia plástica?
VERDADE

É verdade que a harmonização facial possui o poder de substituir ( em alguns casos) uma cirurgia plástica. Isso porque a harmonização pode melhorar o contorno do nariz e aumentar o tamanho do queixo, duas das partes da face mais alteradas por cirurgias. O ponto positivo da harmonização facial em relação a um procedimento cirúrgico é que não causa dor e não deixa cicatrizes ou marcas no corpo.

 

Harmonização facial estica o rosto?
MITO

A harmonização facial não possui o poder de “esticar o seu rosto”. Na realidade, o tratamento que possui esse efeito é o de algumas cirurgias. Logo, não há motivos para preocupações do tipo. A análise facial permite, por meio de fotografias e vídeos, planejar e executar os procedimentos de maneira que o resultado da harmonização seja natural e agradável.

Se fizer muitas vezes, com o tempo o procedimento perde o efeito.
MITO

Não, podemos reaplicar várias vezes, pois o produto utilizado é totalmente absorvido pelo organismo e a cada aplicação, obtemos os mesmos resultados.

 

Assim, fica muito claro que a harmonização facial bem planejada é um procedimento bastante tranquilo. O procedimento é seguro e extremamente confortável.

 

Na CWB Sorriso, você encontra os melhores especialista para realizar o procedimento indicado proporcionando os melhores resultados.

 

Gostou? Agora saiba a importância de ir ao dentista a cada 6 meses!

Saiba a importância de ir ao dentista a cada 6 meses

By CWB Sorriso,

 

Visitar o dentista é uma tarefa que precisa estar sempre em nosso calendário. Além de ser uma boa oportunidade para rever alguns hábitos higiênicos e alimentares é o melhor momento para prevenir e identificar precocemente aquelas doenças que insistem em tomar conta dos dentes. Mas a questão é, com que frequência devo realizar essa visita?

A limpeza dental, realizada em consultório odontológico por um cirurgião-dentista, é extremamente importante para prevenir doenças e manter a saúde bucal. Mesmo que você tenha bons hábitos de escovação, use diariamente o fio dental e enxague a boca com produtos específicos, pode ser que restos alimentares e bactérias se acumulem entre os dentes ou na gengiva, formando o famoso tártaro ou as placas bacterianas.
Para evitar problemas semelhantes, o ideal é ir ao dentista a cada 6 meses e realizar uma limpeza dental. Dessa forma, você evita uma série de problemas bucais e mantém a saúde dos seus dentes sempre em dia.

Sabemos que a prevenção de doenças é a função primordial de todo check-up, mas o dentista também está lá para tirar dúvidas dos pacientes e atualizá-los sobre os hábitos higiênicos e alimentares. Instruções de dieta e higiene serão indicadas conforme a necessidade específica de cada paciente. Podemos ainda identificar a necessidade de tratamento ortodôntico ou estético.

Para que você entenda melhor sobre a importância desse procedimento, listamos suas principais vantagens:

A limpeza dental previne a cárie e a gengivite

A higiene bucal caseira é totalmente diferente da limpeza dental feita no consultório odontológico. Para eliminar todos os resíduos, os dentistas limpam dente por dente, removem os tártaros, fazem polimento e, para finalizar, aplicam flúor. Como cada dente recebe atenção especial, fica muito mais fácil diagnosticar doenças como cárie e gengivite (chamada também de doença periodontal) para, posteriormente tratá-las.

Evita perda óssea

Quando o tártaro não é removido dos dentes, a escovação fica ainda mais difícil e, como consequência, surgem mais tártaros, piorando, cada vez mais, a sua saúde bucal. Com o tempo, o excesso de tártaro atinge a raiz do dente e pode causar perda óssea. Quando a situação chega nesse estágio, não há mais o que fazer, já que é impossível recuperar o osso perdido. Portanto, esteja atento e faça a limpeza dental a cada 6 meses. Ela é essencial para evitar esse tipo de problema.

Ajuda a manter a higiene bucal

Além de manter hábitos saudáveis e cuidar todos os dias da sua higiene bucal, é fundamental realizar a limpeza dental no período recomendado. Ela evitará que surjam novos cálculos ou placas bacterianas.

Cuidados após a limpeza dental:

  • Logo após a realização da limpeza dental, recomendamos que você tome alguns cuidados simples. São eles:
  • Espere pelo menos 30 minutos para ingerir alimentos ou bebidas;
  • Não escove os dentes assim que chegar em casa. O flúor precisa agir para que o resultado seja ainda melhor;
  • Não se esqueça de voltar ao dentista após os 6 meses para realizar outra limpeza dental.

Percebeu como é importante manter a sua higiene bucal? Seguindo as nossas dicas, você pode ter dentes ainda mais bonitos e saudáveis. Se ainda restar alguma dúvida em relação ao procedimento, agende uma consulta conosco sem compromisso.

 

O tratamento de canal não pode esperar

By CWB Sorriso,

Geralmente, o tratamento de canais radiculares é recomendado ou necessário quando há uma infecção na polpa do dente. A polpa dentária é um tecido mole, interno, repleto de nervos e vasos sanguíneos, que se estende até a raiz do dente e se conecta com o resto do organismo. Quando ela está inflamada de maneira irreversível, precisa ser removida, para que cesse a infecção. Ela pode ser infeccionada por bactérias devido a uma lesão de cárie não tratada, uma infiltração causada por uma má adaptação de restauração ou trauma. Sem tratamento, a infecção pode se tornar tão grave, que o dente pode precisar ser extraído.

As consequências de não tratar um canal quando indicado são desde dor recorrente no dente até a evolução para abscessos, edema, cistos intra-ósseos, reabsorção óssea, e comprometimento de outros órgãos do corpo. É muito grave algumas infecções que podem ocorrer em outras partes do corpo. Se o dente for extraído vai-se remover a infecção, mas a falta do dente trará outros problemas, como má digestão devido a mastigação deficiente, e migração de outros dentes caso o dente extraído não seja reposto.

Apesar de ser uma alternativa segura para “salvar” os dentes, ainda há pessoas que têm medo, por causa da dor. Aliás, mesmo tendo passado por bastante evolução, esse ainda é um dos procedimentos mais temidos entre os pacientes, que, inclusive, com frequência, deixam de realizar um acompanhamento odontológico, o que pode causar danos mais graves.

De fato, tratar canal é invasivo e, portanto, deve ser feito apenas quando há uma lesão considerada irreversível. Felizmente, com os avanços da odontologia, ele se tornou um tratamento mais simples, afastando um pouco o medo nos pacientes. O principal objetivo desse tipo de tratamento, portanto, é remover a polpa doente (que pode causar dores, inchar e até lesionar os ossos maxilares) ao mesmo tempo em que mantém o elemento dental. Essa é, portanto uma abordagem simultaneamente curativa e preventiva.

 

 

Dicas para manter a higiene bucal em dia

By CWB Sorriso,

 

O período de férias de verão muitas vezes é sinônimo de ausência de horários certos para dormir e acordar, além de tempo de passeios e viagens. Mas não podemos sair da rotina quando se trata de saúde bucal. A principal dica é sempre levar um kit de higiene bucal na bolsa para que a escovação possa ser feita mesmo fora de casa. Mas outros cuidados são igualmente importantes, e viemos hoje passar todas as dicas para curtir com saúde esses momentos de lazer.

1) Cuidados Diários

Escove os dentes no mínimo três vezes ao dia (após as refeições) e não esqueça do fio dental. A maior parte das bactérias ficam na parte de cima da língua. Por isso, sempre que escovar os dentes, lembre-se de escovar também a língua. Use enxaguante bucal uma vez ao dia e redobre os cuidados na higienização noturna.

2) Evite alimentos açucarados

Refrigerantes, picolés e sorvetes devem ser consumidos com moderação. O açúcar desses alimentos torna nossa saliva mais ácida, causando uma desmineralização nos dentes. E isso pode provocar cáries com maior facilidade. Prefira comer frutas como maçã, morango, coco, pera e kiwi; como são fibrosas, durante a mastigação elas ajudam na remoção de placa dental.

3) Aplique protetor solar labial

Os lábios são mais delicados e sensíveis do que outras regiões do corpo, e devemos ter um cuidado maior com sua exposição ao sol. Proteger os lábios com um filtro solar específico e usar chapéus e bonés são a melhor forma de prevenção contra o câncer de boca, já que o sol é um dos principais fatores causadores da doença.

4) Verifique sua saúde bucal na volta das férias

Mesmo que você tenha praticado os cuidados que recomendamos, marque uma consulta na IDEC ao retornar das férias. Ele poderá avaliar o estado geral de sua saúde bucal com segurança, e indicar o tratamento ou as medidas de prevenção mais adequadas.

 

Entre em contato agora, você pode fazer seu agendamento direto pelo Whatsapp:

 

MATRIZ – UNID. INÁCIO LUSTOSA⠀
📱 https://bit.ly/3lsg0K8
☎ (41) 3323 1150 / (41) 3323 6499⠀
⠀ ⠀
FILIAL – UNID. MOREIRA GARCEZ⠀
📱 https://bit.ly/3hDHeuS⠀
☎ (41) 3232 9757

Cuidados com a pele no verão

By CWB Sorriso,

 

Durante o verão, aumentam as atividades realizadas ao ar livre. A radiação solar incide com mais intensidade sobre a Terra, aumentando o risco de queimaduras, câncer da pele e outros problemas. Por isso, não podemos deixar a foto proteção de lado. Veja a seguir dicas para aproveitar a estação mais quente do ano sem colocar a saúde em risco.

 

Roupas e acessórios

Além do filtro solar, no verão é importante usar chapéu e roupas com proteção UV nas atividades ao ar livre, pois eles bloqueiam a maior parte da radiação.  Tecidos sintéticos, como o nylon, bloqueiam apenas 30%. Evite a exposição solar entre 10 e 16 horas. As barracas usadas na praia devem ser feitas de algodão ou lona, materiais que absorvem 50% da radiação UV.  Outro objeto que tem extrema importância são os óculos de sol, que previnem catarata e outras lesões nos olhos.

 

Filtro solar

O verão é o momento de intensificar o uso de filtro solar, que deve ser aplicado diariamente, e não somente nos momentos de lazer.  Os produtos com fator de proteção solar (FPS) 30, ou superior, são recomendados para uso diário e também para a exposição mais longa ao sol (praia, piscina, pesca etc.).

O produto deve proteger contra os raios UVA (indicado pelo PPD) e contra os raios UVB (indicado pelo FPS). Aplicar o produto 30 minutos antes da exposição solar, para que a pele o absorva. Distribuí-lo uniformemente em todas as partes de corpo, incluindo mãos, orelhas, nuca e pés. Reaplicar a cada duas horas. Porém, atenção, esse tempo diminui se houver transpiração excessiva ou se entrar na água.

 

Dica: o uso de fluidos siliconados nas pontas dos cabelos impede que eles se danifiquem com o vento, sol ou maresia.

É importante também proteger as cicatrizes, especialmente as novas, que podem ficar escuras se expostas ao Sol. Já as antigas também devem ser protegidas, pois há risco de desenvolvimento de tumores, apesar de ser um evento raro. A proteção pode ser feita com uso de barreiras físicas como adesivos, esparadrapos ou por meio do uso de filtro solar.

 

Hábitos diários

As temperaturas mais quentes exigem hidratação redobrada, por dentro e por fora. Portanto, deve-se aumentar a ingestão de líquidos no verão e abusar da água, do suco de frutas e da água de coco. Todos os dias, aplicar um bom hidratante, que ajuda a manter a quantidade adequada de água na pele.

Alguns alimentos podem ajudar na prevenção aos danos que o sol causa à pele, como cenoura, abóbora, mamão, maçã e beterraba, pois contêm carotenóides, substância que se deposita na pele e tem importante ação antioxidante. Ela é encontrada em frutas e em legumes de cor alaranjada ou vermelha.

No verão estamos mais dispostos a comer de forma mais saudável, ingerindo carnes grelhadas, alimentos crus e cozidos; frutas e legumes com alto teor de água e fibras e baixo de carboidratos. Apostar nesses alimentos ajuda na hidratação do corpo, previne doenças e adia os sinais do envelhecimento.

No banho, recomenda-se usar sabonetes compatíveis com o tipo de pele, porém, sem excesso. A temperatura da água deve ser fria ou morna, para evitar o ressecamento.

 

Odontologia Estética

By CWB Sorriso,

 

A Odontologia Estética oferece diversas opções de tratamento para renovar seu sorriso. Muito mais do que receitar um clareamento dentário, essa especialidade da Odontologia é capaz de realizar outros tratamentos restauradores, como a aplicação de lentes de contato bucais e facetas de porcelana, além de procedimentos que modificam a aparência facial, como a bichectomia e a aplicação de botox.

Nem todos os procedimentos são invasivos e alguns podem ter resultados imediatos. O paciente sai do consultório com um sorriso totalmente novo. Saiba mais sobre alguns procedimentos estéticos mais executados na CWB Sorriso.

1. Clareamento dental
Quando o problema do paciente está relacionado apenas à cor de seus dentes, o clareamento dental é a melhor opção de tratamento. O clareamento é um procedimento simples e indolor, que em poucas sessões devolve a cor natural do sorriso do paciente. Pode ser feito tanto em consultório quanto em casa, com a orientação de nossos dentistas.

2. Aparelho ortodôntico
O uso do aparelho ortodôntico para a correção da posição dos dentes e da mordida é um dos tratamentos mais tradicionais da Odontologia Estética. O aparelho corrige dentes tortos e problemas de oclusão, que além de prejudicarem a beleza do sorriso, ainda causam dores.

O melhor de tudo é que a ortodontia evoluiu muito nos últimos anos e o paciente que deseja passar por um tratamento ortodôntico tem várias opções de aparelho dentário. Há modelos estéticos e invisíveis, fixos e removíveis, além do tradicional aparelho metálico. O tempo de tratamento depende da complexidade do caso e das condições de movimentação. Vale ressaltar que, apesar de ter vários modelos de aparelho, somente após a avaliação na CWB sorriso podemos indicar o melhor tratamento para cada caso.

3. Implantes dentários
Os implantes dentários são a melhor opção para quem deseja repor um ou mais dentes na boca. A função do implante é substituir a raiz do dente perdido, servindo de suporte para um dente artificial. O índice de sucesso do procedimento é bastante alto, e a grande vantagem do implante dentário é que ele restabelece tanto a estética do sorriso quanto as funções mastigatórias dos dentes. Além disso, se os implantes forem bem cuidados, eles duram até 20 anos ou mais, mas isso depende dos hábitos do paciente e de sua higiene bucal.

4. Facetas de porcelana
As facetas de porcelana são uma das inovações da Odontologia Estética mais procuradas na CWB Sorriso. E não é para menos, pois o tratamento é minimamente invasivo e capaz de mudar drasticamente o sorriso do paciente em apenas algumas sessões. Elas mudam a cor e o formato do sorriso. Elas também são indicadas para alongar o dentes e fechar espaços entre eles (diastemas).

5. Lentes de contato
As lentes de contato são a evolução das facetas de porcelana. Elas também são laminados, mas são mais finas do que as facetas. A grande vantagem das lentes de contato é que, para realizar o tratamento, é necessário um desgaste mínimo nos dentes e, em alguns casos, nem mesmo é preciso realizar esse desgaste. As lentes de contato são indicadas para correções sutis no sorriso, como alteração na cor dos dentes, no formato e no tamanho. Também são recomendadas para fechar espaço (diastema). O tratamento é feito em poucas sessões e, se bem cuidadas, as lentes de contato podem durar muitos anos.

6. Cirurgia plástica gengival
Ao contrário do que muitos pensam, a Odontologia Estética não é voltada apenas para a correção dos dentes, mas do sorriso em geral. Por isso, há tratamentos voltados para a melhoria da aparência das gengivas, pois elas contribuem significantemente para a beleza do sorriso.

Gengivas muito grandes, muito pequenas ou escuras prejudicam a estética do sorriso. Para os pacientes que não estão satisfeitos com a aparência desses tecidos, é possível recorrer à cirurgia plástica gengival. O procedimento busca aumentar o tamanho dos tecidos, no caso de gengivas pequenas, retirar o excesso, no caso de tecidos muito grandes e ainda fazer enxerto para corrigir o problema de cor. Para aumentar ou diminuir as gengivas, o cirurgião ainda precisa remodelar os tecidos em volta dos dentes.

7. Harmonização Facial
Antigamente esse tratamento só podia ser feito exclusivamente por médicos. Mas graças aos cursos de especializações odontológicas, hoje ele faz parte do dia a dia dos consultórios dentários. A harmonização facial é ideal para quem pensa em equilibrar os traços e as proporções do rosto, buscando um bom senso entre a função e a estética – tanto do sorriso quanto da face como um todo.

8. Aplicação de Toxina Botulínica
Ele é um dos procedimentos de beleza mais procurados nos consultórios odontológicos e médicos. O famoso botox é bastante usado para mexer um pouquinho no rosto, tirar algumas rugas, dar um retoque nas marquinhas de expressão e até mesmo corrigir sorrisos gengivais. Além disso, o procedimento também é um ótimo controlador tanto do bruxismo do sono quanto o bruxismo de vigília.

9. Bichectomia
A bichectomia é a cirurgia feita para retirada parcial da “bola de bichat”, também conhecida como a famosa gordurinha das bochechas. Ela faz com que as maçãs do rosto e a linha da mandíbula fiquem mais destacadas, causando uma aparência de rosto mais fino e alongado, bem no estilo Angelina Jolie. Embora seja o seu principal objetivo, a bichectomia não é motivada apenas por questões estéticas. A técnica também é uma grande aliada para pacientes que têm o costume de morder a bochecha devido ao excesso de volume.

10. Preenchimento labial
O preenchimento labial também está presente no catálogo de procedimentos odontológicos. O procedimento utiliza o ácido hialurônico e a gordura autógena, que é retirada do próprio corpo, para dar mais volume a região. Independente do material escolhido, é importante que o procedimento seja feito e acompanhado pelo seu dentista de confiança e especializado no tratamento.

 

Entre em contato agora mesmo e saiba mais das condições imperdíveis que preparamos para você. Você pode fazer seu agendamento também pelo Whatsapp.

 

MATRIZ – UNID. INÁCIO LUSTOSA⠀
📱 https://bit.ly/3lsg0K8
☎ (41) 3323 1150 / (41) 3323 6499⠀
⠀ ⠀
FILIAL – UNID. MOREIRA GARCEZ⠀
📱 https://bit.ly/3hDHeuS⠀
☎ (41) 3232 9757

 

 

Nesse verão faça seu sorriso brilhar ainda mais

By CWB Sorriso,

Ah o verão! Quando o verão se aproxima é comum que as pessoas comecem a se preocupar mais com o corpo e a aparência. Dessa forma, começa o famoso “Projeto Verão” onde ter um corpo definido, um bronzeado e um sorriso branco é objetivo de muitos. É a época do ano em que quase sempre acompanha as férias, piscina, praia. Mas com ele também aumentamos o consumo de água, bebidas geladas, sorvetes. Além de também ficarmos mais tempo fora de casa, e com isso descuidando dos cuidados com a higienização oral. Os cuidados bucais que tomamos durante as outras estações, não mudam durante o verão.

O verão também pede mais sorrisos, e com isso a procura por sorrisos mais brancos se intensifica. É tempo de sol, praia e diversão. Estação em que as pessoas estão mais expostas e costumam ter maior preocupação com a estética. Apesar do cuidado com o corpo ser bastante visado no período, um sorriso brilhante é parte imprescindível do layout pessoal. E ainda dá tempo de deixá-lo mais bonito.
Um procedimento simples para isso é o clareamento dental, que pode ser feito em duas a três sessões na CWB Sorriso. Antes de começar o processo, o dentista faz exame clínico e radiográfico no paciente e verifica se há alguma contraindicação. Se houver ele irá tratar essas condições para depois iniciar o clareamento e acompanhá-lo. Esse é um importante diferencial dos procedimentos vendidos diretamente a pacientes em farmácias ou supermercados, onde pode haver efeitos colaterais mais severos por falta de adequada supervisão.

Os dentes escurecem fisiologicamente devido à incorporação de pigmentos originados principalmente da dieta, que entram por meio de poros existentes no esmalte. Estes pigmentos são moléculas muito grandes e refletem a luz visível de maneira que o dente parece mais escuro. O clareador penetra nos poros do esmalte dental e inicia uma reação química, chamada de oxidação, quebrando o pigmento em moléculas bem menores que são mais facilmente difundidas para fora do dente e ainda refletem a luz de uma maneira diferente, transmitindo a sensação de dentes mais claros.

O clareamento dental, quando adequadamente indicado e conduzido, não origina nenhum dano permanente à dentição. A hipersensibilidade é um efeito colateral que pode estar presente em alguns casos, em maior ou menor grau, variando conforme uma série de fatores. No entanto, este desconforto pode ser minimizado com o uso de géis clareadores contendo dessensibilizantes ou ainda com o uso de dessensibilizantes específicos de uso profissional.

O procedimento não exige cuidados especiais pós-tratamento e o paciente pode manter sua dieta normal. É possível ingerir molhos, sucos, cafés e quaisquer outros alimentos corados, porém, quanto mais corantes estiverem presentes na dieta, mais cedo o dente voltará a escurecer, mas dificilmente retomará a cor anterior ao tratamento. Sempre que o paciente e o dentista encontrarem clinicamente a regressão da cor, um retoque no clareamento poderá ser realizado, o que normalmente ocorre em 2 anos ou mais após o primeiro tratamento clareador

 

Entre em contato agora mesmo e saiba mais das condições imperdíveis que preparamos para você. Você pode fazer seu agendamento também pelo Whatsapp.

 

MATRIZ – UNID. INÁCIO LUSTOSA⠀
📱 https://bit.ly/3lsg0K8
☎ (41) 3323 1150 / (41) 3323 6499⠀
⠀ ⠀
FILIAL – UNID. MOREIRA GARCEZ⠀
📱 https://bit.ly/3hDHeuS⠀
☎ (41) 3232 9757

 

05 motivos para não adiar seu implante dentário

By CWB Sorriso,

 

A perda de um ou mais dentes gera desconforto e constrangimento. Se você tem indicação do seu cirurgião-dentista para fazer um implante dentário, não há motivos para adiar o tratamento. Aliás, muito pelo contrário, existem várias razões para você fazer o implante dentário o quanto antes.  A segurança proporcionada pelo implante vale cada centavo investido. A colocação do implante não danifica outros dentes, e nem se faz necessário desgastar um dente natural para apoiar os substitutos. 

Além da segurança, do sorrir sem medo e do aumento na qualidade de vida, o implante dentário garante um melhor funcionamento do organismo. A explicação é lógica: o sistema digestivo e a absorção de nutrientes são beneficiados quando os alimentos são corretamente triturados. Precisa de mais motivos para não adiar o seu implante? Continue lendo e você não terá mais dúvidas.

 

1ª – Maiores chances de sucesso

Com o passar do tempo — após a perda do dente — a região desdentada começa a perder tecido ósseo na mandíbula ou maxilar. Com isso, muitas vezes, é preciso fazer um enxerto ósseo nesse local para, só então, implantar o pino de titânio que substitui a raiz do dente natural perdido.

Assim, quanto mais perto de quando a pessoa perdeu o dente for realizado o implante dentário:

  • maior é a chance de sucesso;
  • menos complicada será a cirurgia;
  • mais rápida será a recuperação.

 

2ª – Evita envelhecimento facial

É claro que sabemos que são vários os fatores que levam ao envelhecimento facial e esse é, certamente, um dos menos conhecidos. Adiar o implante dentário por muito tempo pode levar à perda óssea tal que pode chegar a alterar as feições do rosto, trazendo um aspecto de envelhecimento à face.

 

3ª – Reconquista da autoconfiança

Ao perder os dentes, inconscientemente certos pequenos prazeres da vida são perdidos, às vezes de forma inconsciente, fazendo com que a pessoa se recolha ao básico da vida. Um dos benefícios do implante dentário é a reconquista da autoconfiança, tão importante nos dias de hoje. Após o implante você poderá sorrir novamente, mastigar e sentir o paladar de suas comidas prediletas. Com o tempo, você perceberá como poder fazer tudo isso de novo traz uma melhora incontestável à autoestima.

 

4ª – Abandonar as próteses removíveis

É comum que muitos dos candidatos à colocação de implante dentário, usem próteses removíveis e até se acostume a elas. Mas você sabia que o uso prolongado das famosas dentaduras pode provocar perda óssea e, com o tempo, o aparato dental se torna frouxo na boca, podendo, inclusive, se tornar uma colônia de fungos ou de bactérias se a pessoa tiver dificuldade em manter uma higiene bucal adequada.

 

5ª – Restaurar a força da mordida

Ter de volta a função mastigatória é, sem dúvida, uma grande razão para fazer um implante dentário. Isso porque, com a mastigação de forma segura, a pessoa consegue comer todos os tipos de alimentos, inclusive os mais resistentes como castanhas e carnes.

 

 

Entre em contato agora mesmo e saiba mais das condições imperdíveis que preparamos para você. Você pode fazer seu agendamento também pelo Whatsapp.

 

MATRIZ – UNID. INÁCIO LUSTOSA⠀
📱 https://bit.ly/3lsg0K8
☎ (41) 3323 1150 / (41) 3323 6499⠀
⠀ ⠀
FILIAL – UNID. MOREIRA GARCEZ⠀
📱 https://bit.ly/3hDHeuS⠀
☎ (41) 3232 9757

 

 

 

Qual a idade certa de levar seu filho ao dentista?

By CWB Sorriso,

 

A primeira visita do seu filho aqui na CWB Sorriso, ainda bebê, deve ser feita mesmo antes do surgimento do primeiro dente de leite. O ideal é que você o traga por volta dos 6 ou 7 meses de idade. Essa recomendação é feita porque, mesmo antes dos dentes nascerem, as orientações de higienização da cavidade oral podem ser necessárias para que os pais ajudem a evitar o desenvolvimento de cáries nos pequenos pedacinhos de dentes que podem começar a surgir nessa fase da vida.

A higiene bucal do bebê deve ser realizada desde o nascimento. Desta forma, antes dos dentes do bebê nascerem, as gengivas, as bochechas e a língua do bebê devem ser limpos com uma gaze ou compressa úmida pelo menos duas vezes por dia, sendo uma delas à noite antes do bebê dormir.

Depois do nascimento dos dentes, eles devem ser escovados, de preferência, depois das refeições, mas pelo menos duas vezes ao dia, sendo a última, antes de dormir. Neste período, já é recomendado usar uma escova de dentes para bebês e, a partir de 1 ano de idade, creme dental próprio para bebês também.

A primeira consulta do bebê no dentista serve então para os pais receberem orientações quanto à alimentação do bebê, a forma mais correta para escovar os dentes do bebê, o tipo de escova de dente ideal e a pasta de dentes que deve ser utilizada. Também é uma ótima oportunidade para ambientar a criança no consultório da CWB Sorriso, além de ela se familiarizar com o dentista e começar a se sentir confortável e segura na avaliação.

Depois da primeira consulta, o bebê deve vir de seis em seis meses, para que o dentista possa acompanhar o aparecimento dos dentes e prevenir as cáries. Além disso, deve-se trazê-lo quando:

 

  • Surge sangramento da gengiva;
  • Algum dente está escuro e podre;
  • O bebê chora quando come ou lava os dentes;
  • Algum dente está quebrado.

 

Quando os dentes do bebê começam a nascer tortos ou afastados também é recomendado trazê-lo.

 

Não perca mais tempo e agende já a sua consulta.

 

 

Entre em contato para saber mais:

MATRIZ – UNID. INÁCIO LUSTOSA⠀
📱 https://bit.ly/3lsg0K8
☎ (41) 3323 1150 / (41) 3323 6499⠀
⠀ ⠀
FILIAL – UNID. MOREIRA GARCEZ⠀
📱 https://bit.ly/3hDHeuS⠀
☎ (41) 3232 9757